Comunicação em tempo de crise: planejar para crescer

Quando o assunto é comunicação corporativa, os gestores da área têm dificuldade de mensurar os resultados à diretoria e demais líderes de uma empresa. Para facilitar este trabalho é importante, como sempre temos destacado aqui no blog, investir em planejamento de comunicação e, se for o caso, marketing. Essa é a melhor forma de melhorar o posicionamento da empresa, de definir e redefinir rumos da política de comunicação.

Por Katja Polisseni

Quanto melhor forem delimitadas as ações do plano de comunicação, seus objetivos e metas, mais fácil será mensurar seu resultado. O mercado já reconhece a comunicação como um dos campos que propõem ações e ferramentas úteis para a estratégia empresarial de captar e fidelizar clientes. É inerente à atividade empresarial buscar o crescimento, visibilidade, superar os concorrentes e manter a sustentabilidade de seus negócios, e a comunicação, certamente é uma aliada nestes objetivos.

Alcançar a meta desejada depende de uma estratégia bem elaborada de comunicação e, mais importante, que caiba no bolso do investidor. Para ser estratégica, a comunicação deve obrigatoriamente estar alinhada ao pensamento, aos negócios e aos objetivos do empreendimento. Mesmo em época de crise, em que os orçamentos são reduzidos, propomos manter a comunicação presente na empresa. Ainda que não seja viável apostar em campanhas publicitárias, ainda pode-se pensar em formas mais baratas e criativas, que servem para manter a imagem da empresa junto aos diversos públicos-alvo.

Katja é jornalista com mais de 20 anos de atuação, especialista em Comunicação Estratégica e Gestão de Marcas. Escreve para o blog às quartas-feiras.